Tratamento das
doenças da retina

Saiba Mais

Agende sua consulta

Retina

O que é retina

A retina é a camada que reveste internamente a parede posterior do olho. Ela é responsável por transformar os estímulos luminosos captados pelo olho em estímulos nervosos e, após, conduzi-los até o cérebro, possibilitando dessa forma enxergarmos o mundo que nos cerca.

Clínica especializada no tratamentos de doenças da retina.

Conheça

5 Doenças da retina que necessitam de tratamento cirúrgico

1. Descolamento de retina regmatogênico

Caracteriza-se pela separação entre a retina e as demais camadas que formam a parede posterior do olho e cuja causa é a ocorrência de rotura na retina.

Na fase inicial da doença, os sintomas mais comuns são a visão de pontos pretos (as chamadas “moscas volantes”) ou a percepção de flashes luminosos. Em uma fase mais avançada da doença, o paciente percebe uma mancha no campo de visão, podendo chegar a perceber piora na visão central.

Em geral o descolamento de retina é uma condição grave que necessita um tratamento cirúrgico. As técnicas cirúrgicas mais utilizadas são a vitrectomia via pars plana, a retinopexia convencional e a retinopexia pneumática.

2. Descolamento de retina tracional

Caracteriza-se pela separação entre a retina e as demais camadas que formam a parede posterior do olho. A principal causa é a formação de um tecido fibroso que “repuxa” a retina. O diabetes melito descompensado, por tempo prolongado, é a principal causa da formação desse tecido fibroso.

Tende a ter uma evolução lenta e cursa com piora progressiva da visão.

O descolamento de retina tracional em geral é tratado com a técnica cirúrgica denominada “vitrectomia via pars plana”.

3. Buraco Macular

Trata-se de um “buraco” que aparece na região central da retina, chamada de mácula.

Nota-se uma mancha preta, fixa, no centro da visão - chamado escotoma central - ou ainda percebe-se uma piora na visão central daquele olho.

O tratamento é realizado em geral através da técnica cirúrgica chamada “vitrectomia via pars plana”.

4. Membrana Epirretiniana

Trata-se de uma fina membrana firmemente aderida, que se forma sobre a parte central da retina, causando um enrugamento da retina subjacente. O paciente percebe uma distorção da visão central.

Borramento visual, a metamorfopsia (alteração da visão que faz com que linhas retas sejam enxergadas de modo torto), a diplopia monocular (visão dupla dos objetos quando apenas um olho está aberto), a micropsia (alteração visual em que objetos são percebidos menores do que realmente são).

Caso a membrana epirretiniana cause baixe de visão e/ou distorções da visão significativas e que impactem a qualidade de vida do paciente, o tratamento é feito através da técnica cirúrgica denominada “vitrectomia via pars plana”.

5. Hemorragia Vítrea

Sangramento que ocorre no segmento posterior do olho, chamado de cavidade vítrea. Pode ter diferentes causas, como por exemplo um diabetes melito descompensado, um trauma prévio ou uma rotura na retina.

Percepção de borramento visual ou visão de escotomas volantes (pontos escuros em movimento).

Em alguns casos, aguarda-se o sangramento regredir espontaneamente, já em outros opta-se por realizar a cirurgia chamada “vitrectomia via pars plana”.

Se você apresenta algum desses sintomas, ou se já tem um diagnóstico de alguma doença da retina e gostaria de receber orientações, agende sua consulta com nossos especialistas.

Agendar
Quem Somos

Quem Somos

A Clínica Roizenblatt Médicos Associados foi fundada em 1979 pelo Dr. Jaime Roizenblatt e pela Dra. Suely Roizenblatt.

​Fazemos um atendimento especializado, buscando a solução mais adequada para suas necessidades.

​Para nós, a construção de confiança e relacionamento de longo prazo entre médico e paciente têm caráter primordial.

Agende sua consulta

Entre em contato
  • 11-3826-4720

  • 11-3825-7374

  • 11-3666-6359

Encontre-nos